Bélgica


100 Million Reviews 728x90


Bélgica

 

Mesmo sendo um país muito pequeno, a Bélgica oferece a seus visitantes uma grande variedade de paisagens: da faixa costeira flamenca até os relevos de Ardenne, onde as falésias de Sy marcam a passagem de uma região agrícola a uma zona de floresta virgem.

Para os amantes da natureza, aconselhamos uma visita na floresta de Signos, cuja beleza inspirou poetas do calibre de Byron.

É obrigatória uma visita à capital Bruxelas, uma cidade moderna, reconstruída quase que completamente após a Segunda Guerra Mundial. Do ponto de vista da arquitetura, o lugar mais interessante é com certeza a praça central da cidade, o Grand Place, esplendidamente iluminado de noite, é o lugar ideal para um passeio romântico. Na praça fica a sede do Museu de Arte Moderna, onde se pode admirar as obras de arte de Magritte.

De grande interesse é também a zona de Flanders, onde as cidades se encontram muito próximas umas às outras, diferentes entre si, mas ligadas por tradições e paixões, como aquela pela arte, pelas motocicletas e pela gastronomia. Cidades como Antuérpia, Bruges, Bruxelas, Gent, Leuven e Mechelen são ricas de historia e ao mesmo tempo são muito avançadas, além de serem cidades calorosas, acolhentes e ricas de atmosferas. Pra quem tem a possibilidade de se aventurar fora das cidades (alugando um carro na Europa por exemplo) e quer comprar um souvenir muito característico e único da Bélgica, aconselhamos visitar  a pequena cidade de Val Saint-Lambert, na Wallonia, conhecida pelos trabalhos com cristais e vidros artísticos.

 

lonely planet belgica

A Lonely Planet é considerada o melhor guia de viagens do mundo. Se pretende fazer uma viagem à Bélgica, recomendamos levar uma cópia dessa maravilhosa guia!

Para comprar-lo clique na imagem ou diretamente aqui.

Viagem Bélgica: Principais cidades

 

Bruges

 

Visite o site oficial de Bruges.

Encontre os melhores Hotéis em Bruges com o TripAdvisor

Capital da região de Flanders ocidental, Bruges conta com 120 mil habitantes e é a mais bem conservada cidade medieval da Europa e a mais visitada na Bélgica. Distante apenas 13 kilometros da costa, é ligada ao mar do Norte através de uma série de canais navegáveis. A sua origem remonta ao século IX A.C., mas foi a partir do século XI que Bruges se torna um importante centro comercial na Europa, famosa pela produção de telas para quadros.

No Século XII, Bruges se torna uma livre república mercantil e parte integrante de uma associação comercial entre algumas cidades do norte europeu. A grande parceria comercial com a Escandinávia e com a Rússia favoreceram a realização de grandes monumentos artísticos que ainda são visíveis na cidade. Vale lembrar que a primeira Bolsa de Valores européia foi a casa da rica família de comerciantes Van der Beurse, por isso o nome.

Em 1302 Bruges foi um centro importante contra a revolta flamenca. Porém, no século XVI começa a sua decadência devido a um bloqueio dos seus canais de comunicação, interrompendo o seu importante fluxo de comércio, e também pelo período de conquista espanhola na região. Bruges viveu alguns séculos na pobreza, mas no século XX, a beleza de suas ruas e de seus canais a tornaram famosa em todo o mundo, tornando-se a capital européia da cultura em 2002.

Os meses ideais para uma visita são entre Abril e setembro, mas como em toda a Bélgica, não é difícil encontrar um dia cinza e chuvoso, portanto, leve um guarda-chuva sempre que possível!

 

Viagem Bruges – Principais pontos turísticos

  • Centro histórico de Bruges
  • Burg
  • Canais de Bruges
  • Campanário Belfort e Praça do Mercado
  • Grote Market
  • Basílica do Sangue Sagrado
  • Town Hall

 

 

Bruxelas

 

Visite o site oficial de Bruxelas.

Encontre os melhores Hotéis em Bruxelas com o TripAdvisor

Capital da Bélgica, com 1 milhao e meio de habitantes, nasce no século VII por estar no cruzamento de importantes rotas comerciais terrestres e fluviais, a cidade se desenvolveu nos séculos seguintes como centro de mercado e de comércio, conhecida em tempos remotos como Bruxela, Brocela e Bruolisela. No século XIV  a cidade se torna residência dos Duques de Brabante, para depois passar aos duques de Borgogna e no século XVI passou a ser a capital dos Países Baixos sob a dominação espanhola. Durante as várias revoluções no século XIX, Bruxelas assume o papel de guia para a independência belga, e em 1830 se torna a capital do novo país. A cidade também é sede da União Européia.

 

Viagem Bruxelas – Principais pontos turísticos

  • Grande Praça de Bruxelas
  • Le Roeulx e La Louvière (estações elevatórias)
  • Béguihages – comunidades religiosas flamengas da região de Flandres
  • Campanário da Bélgica
  • Catedral de Nossa Senhora de Tournai
  • Centro Histórico de Bruges
  • Construção projetadas pelo arquiteto Victor Horta (na cidade de Bruxelas)
  • Palácio Stoclet (Bruxelas)
  • Museu platin-Moretus (na cidade de Antuérpia)
  • Minas Neolíticas de Sílex de Spiennes (em Mons)
  • Museu da Vila de Bruxelas
  • Centre Belge de la Bande Dessinée (Bruxelas)
  • Museu da Vestimenta (Bruxelas)

 

Antuérpia

 

Visite o site oficial de Antuérpia.

Encontre os melhores Hotéis em Antuérpia com o TripAdvisor

Grande porto europeu de importância mundial, Antuérpia é cortada pelo rio Schelda e conta com cerca de 460 mil habitantes. Situada a 40 kilometros a norte de Bruxelas, Antuérpia é famosa por ser a maior industria de lapidação e de comércio de diamantes do mundo! Do ponto de vista cultural, a cidade é conhecida pelas obras de Pietre Paul Rubens, representado com uma estátua na Groenplaats, e cujas obras são visíveis em varias igrejas e museus. O que rende a cidade um ambiente único é o fato de amalgamar o antigo e o novo: belas residências estilo Art Noveau são muito próximas a vilas renascentistas e a castelos medievais.

 Viagem Antuérpia – Principais pontos turísticos

  • Real Museu de Belas Artes de Amberes
  • Praça Grande em Antuérpia
  • Igreja de São Paulo
  • Câmara (Prefeitura)
  • Jardim Botânico
  • Zoológico

 

Gent

 

Visite o site oficial de Gent.

Gand, ou Gent em flamenco, a sua língua oficial, é a capital da região Flanders oriental e a terceira cidade mais populosa da Bélgica. Uma grande rede de canais interligados a conectam com o mar do Norte. Em torno dos anos 1000, a cidade já contava com 60.000 habitantes, e em 1500, quando pertencia à Espanha, nasce em suas terras o Imperador Carlos V d’Asburgo. imperdível a catedral gótica de São Bavone, que foi construído em 1432 pelos irmãos Jan e Hubert van Eyck.

 

Viagem Gent – Principais pontos turísticos

  • Porto Graslei
  • Old Fish Market
  • Igreja Saint-Nicholas Belfry
  • Catedral Saint Bavo
  • Museu Stedelijk Museum voor Actuele Kunst
  • Castelo Gravensteen

 

 

Liège

 

Visite o site oficial de Liège.

Com cerca de 200.000 habitantes, Liège é a quarta maior cidade da Bélgica. Se encontra na região da Wallonia, na parte oriental do país. A posição estratégica de Liège a rendeu, durante séculos, uma via de passagem de vários  exércitos e impérios. As primeiras ocupações da cidade remontam ao século VI quando a cidade era conhecida pelo nome de Vicus Leudicus

A Liège, em 1106, morreu Henrique IV, que foi Imperador do Sacro Império Romano por 22 anos. Com o tempo, a cidade assume uma grande importância religiosa, e foi por 8 séculos a sede de um importante bispado. Em épocas mais recentes, Liège foi palco, em 1914, de uma sangrenta batalha no começo da Primeira Guerra Mundial. Aquela que ficou marcada na história como a batalha de Liège, consistiu em uma heróica resistência por 10 dias, da população local contra um ataque ferrenho do exército alemão.

E graças a essa heróica oposição, que dificultou muito o avanço das tropas alemãs, Liège foi premiada nos anos sucessivos com a Legião de Honra.

A cidade é cortada pelo rio Mosa, o terceiro rio mais longo da Europa.

 

 Viagem Liège – Principais pontos turísticos

  • Igreja de Saint-Barthélemy
  • Basílica Saint-Martin
  • Palácio dos Príncipes de Liège
  • Ópera Real da Walonia
  • Museu Curtius
  • Museu das Armas
  • Tesouro da Catedral
  • Aquário e Museu de Zoologia
  • Museu dos Transportes
  • Montanha de Bueren
  • Praça catedral

 

Páginas e Posts Relacionados:

roteiro de viagemtop 10 Europatransporte europa

 

França Irlanda

 

 Saiba mais sobre a Bélgica:

 

 

Voltar ao início da página

Compartilhe conosco suas idéias e duvidas!