Dicas Viagem 49


100 Million Reviews 728x90

Procurando por Dicas de viagem?

dicas viagem europa

 

Primeira vez que faz uma viagem à Europa? É bem normal que você se sinta apreensivo e nervoso.

Porém, milhares de pessoas o fazem todos os anos, e porque você não poderia também!?

A Viagem Europa preparou pra você essa sessão de dicas de viagem:

 destinos  documentos  visto  transporte  hospedagens  bagagem
 seguro  dinheiro  dicionario  viajar com criança  necessidades especiais  embaixadas brasileiras

 

 

 

 

 

A Escolha do Destino:

  • Escolha seu destino de acordo com suas preferências e daquilo que gosta de fazer. Não siga somente os conselhos de quem já foi. O que é bom pra uma pessoa pode não ser tão bom pra outra.
  • Por exemplo, se você gosta de sol, praia e badalação, procure as cidades do mediterrâneo como o sul da Itália, Espanha, FrançaPortugal e Malta. Se gosta de arte e visitar museus, opte por cidades grandes e históricas como Paris, Madrid Viena ou Roma. Se quer conhecer a neve e passar um pouco de frio, vá para o norte da Europa ou nas inúmeras cidadezinhas de montanha da Suíça, Alemanha e Suécia. Se quiser esquiar, as melhores estações ficam na França, Itália e Áustria. Enfim, percebe que as cidades mais visitadas podem não ser a cidade ideal para você?
  • Considere sempre a época do ano em que pretende viajar. Não adianta querer ver a neve e esquiar nos Alpes em pleno verão europeu, ou visitar as praias do mediterrâneo durante o outono e inverno. Dependendo do que quiser fazer e conhecer na Europa, existem períodos melhores e outros para se evitar. Por exemplo no mês de Agosto, todas as cidades de praia lotam e os preços sobem muito, fica difícil encontrar hotéis e voos mais econômicos. Se essa fosse a sua meta, o ideal seria vir entre Junho e Julho, ou até mesmo a Setembro.
  • Procure também informações sobre outras cidades no Wikitravel e na Wikipedia. e veja sempre o site oficial de cada cidade. (digite no google o nome da cidade e o complemento do país. Por exemplo Roma.it ou Barcelona.es. Provavelmente o primeiro site que aparecer será o oficial da cidade, onde você poderá consultar tudo o que ela poderá te oferecer!
  • O site TripAdvisor também oferece informações valiosas de outros viajantes. La você pode encontrar milhares de opiniões sobre hotéis, restaurantes e pontos turísticos.
  • Consulte também alguns fóruns de viagens, como o Mochileiros e comunidades do Facebook. Pessoas que vivem na Europa e que já a visitaram, podem fornecer informações valiosas sobre cada cidade e outras dicas de viagem. Nós abrimos recentemente uma pagina no Facebook justamente para que os viajantes possam trocar experiências de viagem.
  • Deixe sempre uma cópia do seu roteiro para alguém da sua família no Brasil.  Nunca se sabe o que pode acontecer, portanto, todos os cuidados são importantes.

 

 

 

Documentos:

  • O primeiro documento a providenciar é o PASSAPORTE. Se você ainda não o tem, deverá fazer um na Polícia Federal. Se você já possui um passaporte, verifique se a data de validade é superior ao período em que você estiver viajando. Se tiver validade menor que 6 meses, faça um novo. (Em teoria você poderia viajar, mas pode ser barrado por um fiscal de imigração mal-humorado. Evite!!!)
  • Uma dica viagem quanto ao passaporte: Se você vive em grandes cidades, o tempo médio para ter o seu passaporte em mãos é de 3 meses. Em São Paulo por exemplo, eu esperei 3 meses só pra agendar com eles, e outro mês pra recebe-lo. A dica é de ir a uma cidadezinha do interior que tenha um Departamento da Polícia Federal, e fazer lá. Não precisa de agendamento e fica pronto entre 2 semanas a 1 mês.
  • Porém, se sua viagem é pra daqui a tanto tempo, faça o procedimento pela internet que é mais cômodo. Para agendar na Polícia Federal, siga o link.
  • Carteira de Habilitação: Traga a sua carteira de habilitação para a Europa. Ela é valida caso queira alugar um carro, pelo período de 3 meses. Portanto, ande sempre com uma cópia das passagens para que possa provar que está na Europa a menos de 3 meses. Não caia no conto da carteira de habilitação internacional, é uma balela que tentam nos vender mas que não é realmente necessária se viaja como turista. Se for uma viajem como estudante ou para negócios e pretende ficar por mais tempo, agora sim pode ser importante.
  • RG: E traga também a sua carteira de identidade por segurança. Imagine se por algum motivo você perca o seu passaporte durante a sua viagem. (Acreditem, acontece!!!) Para poder fazer um outro passaporte ou para ter uma autorização para viajar, você precisara provar que você é você, certo?!

 

 

 

Vistos:

  • Atualmente, os 27 países membros da União Europeia não exigem visto de brasileiros e, carimbando o passaporte em qualquer um deles na entrada, você pode circular pelos demais por até 90 dias (renováveis por mais 90). Também não é preciso de visto para viajar do Brasil para os seguintes países membros da UE: Croácia, Islândia, Noruega, Suíça e Rússia – a exigência de visto de brasileiros para a entrada na Rússia caiu em 2010.
  • *Países membros da União Europeia: (Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grã-Bretanha, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Polônia, Portugal, República Tcheca, Romênia e Suécia.) Lembre-se: O passaporte é o único documento de identificação pessoal válido na Europa.
  • Para quem vai estudar ou trabalhar na Europa, por um período superior a 3 meses, será necessário um visto. Cada país obviamente rege suas leis e define a documentação necessária. Aconselho  consultar principalmente a Embaixada ou o Consulado do país de destino no Brasil. Saiba onde estão as Embaixadas Européias no Brasil.

 

 

 

Transporte:

  • Não compre sua passagem no primeiro lugar que você encontrar. Faça uma pesquisa por algumas semanas pela internet. acredite, os preços mudam sempre! Sempre tem uma operadora aérea fazendo alguma promoção nova.
  • Procure a disponibilidade de passagens nos dias entorno a data que você escolheu. Normalmente,viagens durante a semana e em certos horários (ou bem cedo ou de madrugada), são muito mais baratos, pois apresentam menos procura.
  • Compre sempre o bilhete ou pela Internet ou diretamente no guichê da companhia aérea. Comprar através de agências turismo ou  nas lojas, você provavelmente pagará a mais pela taxa de comissão. As vendas de passagens pela Internet é um modo seguro e muito popular de se comprar bilhetes aéreos. Saiba como e onde comprar!
  • Se você estiver indo viajar como estudante, então faça o contrário. Compre diretamente com a agencia de turismo ou procure a loja da operadora, e compre a passagem para estudante. A maioria das Cias aéreas oferecem descontos para estudantes.
  • Considere sempre o uso de trens ou ônibus em viagens mais curtas. Os trens Europeus oferecem muito mais conforto que os pequenos aviões low-cost.
  • Uma dica legal para ganhar tempo e economizar com hospedagem, é de fazer viagens noturnas em trens com quartos! Assim se ganha tempo durante o dia e se economiza uma diária em um Hotel.
  • Vai de bicicleta!!!! A bicicleta é o meio de transporte mais legal em cidades pequenas e médias, e em especial em cidades como Amesterdão. A maioria das grandes cidades também oferecem o transporte publico de bicicletas, onde você paga tarifas baixissima e pode usar a bike quantos dias quiser! A Europa é muito bem preparada para os bikers, com faixas exclusivas na maioria das cidades.
  • Pra quem é mais descolado e viaja só ou em pequenos grupos, uma sensação na Europa é o Carpooling. Um aplicativo onde se pode encontrar motoristas viajando sozinho e que oferecem uma carona. O sistema funciona muito bem aqui na Europa. Um site que oferece também a procura por caronas é o RoadSharing.
  • Se for ficar vários dias em uma cidade, recomendo sempre que se compre os bilhetes semanais para o transporte publico. NOrmalmente os bilhetes são integrados com todos os meios, e se tem um ótimo desconto se o compre pra toda  a semana.
  • Se tiver apenas um dia de viagem em uma cidade, considere usar o ônibus CitySightseeing. Essa empresa turística está presente em praticamente todas as cidades turísticas da Europa e te leva somente nos principais pontos turísticos de cada cidade! Funciona assim, você compra um ticket diário e recebe um mapa da rota do ônibus. Você pode descer e subir dos ônibus quantas vezes quiser e dessa forma consegue ver as principais atrações da cidade gastando muito pouco! Sem falar que eles oferecem o serviço de narração dos pontos turísticos em varias línguas. (com o português de Portugal obviamente!)

 

 

 

Hospedagem:

  • Sempre, sempre, sempre consulte a opinião de outros hóspedes em sites como o TripAdvisor. Saber a opinião de quem já esteve naquele hotel pode evitar certas situações embaraçantes. Principalmente para quem costuma ficar somente em Hostels e Hotéis de baixo custo, corre-se o risco de se alojar em um muquifo!
  • Se estiver sozinho ou com amigos, escolha uma acomodação mais central, Estar perto de estações de metro e grandes praças facilitam a mobilidade urbana além de oferecer mais diversão noturna.
  • Para quem viaja em família ou em casal e quer mais tranquilidade, recomendo o contrário! Se hospedar um pouco fora dos grandes centros urbanos, ou mesmo em uma cidade vizinha, aumenta a possibilidade de achar uma acomodação melhor e mais barata! Famoso é o exemplo de Veneza, onde o custo de hotéis é até 3 vezes mais caro que nas cidades vizinhas, que ficam a poucos quilômetros de distância e levam de 15 a 20 minutos de trem. Sem falar que os Bed and Breakfast mais acolhentes na Europa são sempre aqueles nas pequenas cidades.
  • Considere utilizar o CouchSurfing, é uma das maneiras mais legais de se hospedar. Nesse caso você é hospedado gratuitamente na casa de um nativo! Além de gastar menos, Você faz amigos e arranja um guia gratuito!

 

 

 

Bagagem:

  • Lembre-se sempre que as estações na Europa são sempre inversas das do Brasil. Ou seja, quando é verão nas terras tupiniquins, será inverno no Velho Mundo. Daí se pode já ter uma idéia do tempo que pode fazer! Uma maneira fácil de saber o tempo que está fazendo no país de destino, é de consultar os sites de previsão meteorológica. Alguns países como a Irlanda e o Reino Unido têm climas muito instáveis, portanto, mesmo que venha no verão, traga uma blusa!
  • Na bagagem de mão, leve o dinheiro, as passagens de ida e volta, as reservas do hotel e seus documentos. Leve também alguma muda de roupa para eventuais trocas. Lembre-se que depois do 11 de Setembro, os aeroportos se tornaram extremamente restritos com o porte de certos objetos na bagagem de mão. Consulte a lista completa dos objetos proibidos.
  • Na bagagem normal, leve as roupas e os objetos elétricos e eletrônicos. Atenção sempre de embalar bem com plástico bolha ou espuma os objetos que podem se quebrar. Você já viu como eles “acomodam” as malas no avião?
  • Se você vai levar objetos de grande valor como laptops, máquinas fotográficas etc… é bom que faça um registro de seus pertences. Esse procedimento é feito no próprio aeroporto e consiste em registrar que você adquiriu aquele produto no Brasil. Isso pode evitar que a fiscalização te faça pagar os impostos quando você torne a casa.
  • Se você vai para um país muito frio e não possui uma blusa bem pesada, recomendo que a compre quando chegar. Uma jaqueta bem pesada, preparada para o frio europeu, será muito mais barata onde faz frio do que no Brasil, com certeza! Sem falar que dificilmente você encontrará roupas adequadas para suportar frios intensos no Brasil, pelo simples fato que não é vendável! Mas é claro, leve pelo menos uma pra quando você chegar!
  • LEve o seu celular. A maioria das operadoras brasileiras tem suas representantes na Europa. Uma vez lá, compre somente o chip Europeu e use-o com o seu aparelho. As ligações ficam muito mais econômicas dessa forma!
  • Se quiser evitar ao máximo o custo de ligações internacionais, aproveite da grande quantidade de wi-fi gratis oferecido na Europa. A maioria dos hotéis e restaurantes o disponibilizam, e em grandes centros, é comum ter a rede de wi-fi fornecida pela prefeitura. Use e abuse do Skype, Viber ou Whatsapp.
  • Se quiser levar comida na mala, opte por alimentos industrializados. O transporte de grãos e sementes é proibido e poderá ser retido no aeroporto.
  • Distribua o peso das malas. Não leve uma mala de 40kg e outra de 20kg. Cada Cia aérea tem diferentes regras para o limite de peso. Consulte os limites da sua operadora e evite pagar as taxas altíssimas de sobrepeso.

 

 

 

Seguro de viagem:

  • Se você está viajando para a Europa, aconselho que faça um seguro de viagem. Esse serviço é oferecido por seguradoras, bancos e normalmente pelas agencias de turismo. O nosso conselho é adquirir o seguro pelo portal da Submarino Viagens, onde se pode fazer uma cotação online. Queremos sempre pensar que nada de mal acontecerá em uma viagem, mas na verdade, é justamente fora de casa que coisas mais improváveis podem acontecer. Considere sempre que você pode perder suas coisas ou ser roubado, sofrer um acidente ou machucar alguém. Nunca de chance pro azar! Sem falar que em alguns países, a fiscalização de imigração é mais rigorosa e eles podem solicitar o seguro de viagem como pré requisito de entrada.
  • Em 2008, quando me mudei para Dublin, na Irlanda, conheci uma historia muito triste de uma garota brasileira que estava estudando lá. Ela estava andando de bicicleta quando foi atropelada por um caminhão. Foi levada para o hospital e atendida prontamente. Porem, como não tinha feito nenhum seguro, ela teria que pagar por todo o tratamento sozinha. Me lembro que a comunidade brasileira organizou vários eventos e festas para ajuda-la a levantar o dinheiro e depois para poder retornar ao Brasil. Eu sei que essa historia não acontece com frequência, mas é sempre melhor prevenir do que remediar

 

 

 

Dinheiro:

  • Acompanhe a cotação do euro por um período. O momento de uma grande queda na cotação é a hora certa de comprar algumas centenas de euros.
  • Nunca deixe pra comprar a moeda no aeroporto. Vai pagar mais caro com certeza.
  • Observe que nem todos os países da Europa utilizam o Euro, como é o caso da Inglaterra, a Suíça e a Suécia, assim como os países do leste Europeu.
  • Não leve todo o dinheiro na mão. Leve ao menos 300 euros para os primeiros dias e primeiras necessidades. O restante do dinheiro leve em Travelers Check, ou cartão de crédito Internacional. Uma dica é o cartão Visa Travel Money, que é aceito em qualquer caixa eletrônica com bandeira Visa, com baixíssimas taxas e pode ser recarregado facilmente do Brasil. (Caso precise de um “resgate”).
  • Planeja bem o seu budget. Calcule o quanto você pode gastar por dia e considere as despesas de transporte, alimentação, compras e bilhetes em pontos turísticos. E tenha certeza de ter uma reserva em casos de emergência.

 

 

 

Comunicação:

  • Se vai visitar um país onde não conhece a língua, providencie um “Phrasal Book” ou um “Livro de Frases” em Português. É melhor do que um dicionário porque te ensina as frases mais usadas em determinada língua. Você entenderá isso quando precisar perguntar onde fica o banheiro para um Norueguês! É claro que se você arranha um pouco do inglês, poderá se virar bem na maioria dos países Europeus. Porém, em pequenas cidades e vilarejos, isso pode ser mais complicado do que você imagina. Aconselhamos os Phrasebooks da Lonely Planet, que são excelentes!
  • Aplicativos de celular como o Google Translate também podem quebrar um galho.
  • Em países como França e Itália, é mais difícil se comunicar com o inglês, visto que a população gerou um tipo de aversão a essa língua. Você será mais bem atendido se arranhar um portunhol do que se falar inglês!

 

 

 

Viajar com crianças:

  • Viajar com crianças exige o dobro de atenção durante o planejamento da sua viagem. Com certeza os roteiros também serão diferentes. Inclua passeios em parques e zoológicos e atrações que sejam interessantes para eles também. Por mais que as igrejas sejam muito bonitas, elas normalmente são muito entediantes para os pequenos.
  • Atenção especial às roupas! Recomendo sempre que durante o inverno, se compre as roupas aqui, pois são mais adaptadas para a neve e o frio intenso. Sapatos especiais para caminhar na neve são um bom exemplo. Se usar sapatos normais, ou mesmo botas mais pesadas, não irão impedir a umidade. Outros acessórios como touca, cachecol e luvas também são indispensáveis. Basta 1 hora de frio intenso para se congelar um dedo ou a orelha!
  • Lembre-se que crianças até dois anos muitas vezes não pagam o transporte ou pagam somente uma porcentagem. Mas não é sempre assim. Companhias aéreas low-cost costumam cobrar as passagens até para recém nascidos. Por isso, veja bem se não sai mais barato viajar de trem ou de ônibus entre cidades próximas.
  • Escolha restaurantes que ofereçam um Kids Menu. Diferenças gastronômicas podem não agradar às crianças, além de poder provocar alguma reação alérgica devido a temperos mais fortes.

 

 

Necessidades Especiais:

  • A Europa é muito bem equipada e recebe bem os turistas com necessidades especiais na grande maioria dos casos. Porém, pode ser que alguma atração turística não tenha acesso adequado. Por isso, disponibilizamos alguns links para encontrar as informações de acesso: Accessible Europa e Sage Travelling.
  • Lembre-se sempre que Crianças desacompanhadas, gestantes, idosos com mais de 60 anos, lactantes, pessoas com crianças de colo, pessoas com mobilidade reduzida e portadores de deficiência são considerados passageiros que podem solicitar assistência especial. Eles têm direito a certas prerrogativas tanto em aeroportos como em terminais rodoviários.
  • Os passageiros com necessidades especiais poderão transportar, gratuitamente, os equipamentos que utilizam para sua locomoção, mesmo que extrapolem as dimensões e excedam os limites máximos de peso. Nesse caso, deverão informar à transportadora com antecedência mínima de 24 horas do horário de partida do ponto inicial. No caso de locomoção com cão-guia, o animal será transportado gratuitamente, no piso do veículo, próximo ao seu usuário.

 

 

 Embaixadas Brasileiras

  • Nunca se sabe o que pode acontecer em uma viagem. Perder documentos, voos, dinheiro. Portanto é sempre importante saber onde fica a Embaixada Brasileira mais próxima de você, pois são os únicos que poderão te ajudar nesses casos. Disponibilizamos aqui a lista de Embaixadas Brasileiras no Exterior.

 

 

Gostou das nossas dicas de viagem? Consulte também nossos Roteiros de Viagem e saiba mais sobre cada pais europeu na sessão de Destinos!

Voltar ao início da página

[whohit]Dicas Viagem[/whohit]


Compartilhe conosco suas idéias e duvidas!

49 thoughts on “Dicas Viagem

  • Karinna Ribeiro

    Olá, boa noite.
    Viajo em junho com meu marido para Europa. Iremos no dia 04/06 e retornaremos dia 19/06. Vamos começar por Lisboa, depois Barcelona, Paris e Londres. Gostaria de algumas dicas, tipo quanto levar, onde ir e como poderia ir de trem de Paris para Bruxela e voltar no mesmo dia. Já temos as passagens e todas as hospedagens pagas. Queremos nos divertir, porém sem muitos gastos.
    Obrigada!

  • Manuel Diniz

    Gostaria de viajar pela Europa alugando carro na cidade do Porto,indoa ao Santuário de fátima, passar rápido por Lisboa , pois já conheço, e ir para barcelona,passar pela região da Toscana, ir ao Vaticano,subir para os alpes suiços (sfinx Jungfraujoch)e voltar para a cidade do Poto , em 13 dias , é possível???

  • Karina Martins

    Boa noite!!! estou tentando montar um roteiro de pelo menos uns 15 dias, para Paris, Londres e Itália ou Madri, gostaria de uma ajuda, sobre hoteis baratos,trens, pontos turísiticos. Enfim, no que vocês puderem me ajudar, ficarei muito grata.
    Obrigada!!!

  • FLAVIO

    Suas dicas são realmente pertinentes, com apenas uma ressalva… hoje diversas agências possuem tarifas com ótimos acordos, como acontece nas agências “virtuais”, e muitas vezes as agências “reais” possuem condições até melhores, além do fato de que a pessoa tratará do assunto pessoalmente, e não com uma máquina. Outro ponto importante, é que o ramo de agência de viagens fomenta milhares de empregos pelo País, portanto, privilegiem este tipo de atendimento pessoal, e certifiquem-se apenas de procurar empresas sérias!

  • Alessandra

    Gostaria de recebr a sugestão de roteiro para uma viagem, em junho, iníciando pela franca, onde vou ficar 11 dias, depois gostaria de conhecer a itália e visitar a casa de Maria na Turquia.
    O roteiro da frança já está decidido, gostaria da sugestão (lugares e permanencia em cada local) para a Itália e Turquia.
    Ficarei feliz em receber dicas de local de hospedagem e viagens de trem.
    Agradeço.

  • Larissa

    Gostaria de fazer um mochilão pela Europa de no maximo 15 dias, e gostaria de ter uma dica de um roteiro badalado, com muito lazer, cultura, e paisagens belas, com o preço super em conta!

  • lidia

    Ola, gostaria de uma ajuda para fazer um roterio para portugal e espanha. Irei com uma amiga e nos vamos passar tres dias em Porto, tres em Lisboa, quatro em Madrid e 4 em Barcelona….

    Obrigada

  • admin Autor do post

    Bom dia Livia, parece que v já decidiu o roteiro. Se quiser saber o que fazer em cada cidade, te recomendo a entrar nos sites de cada cidade ( link na página de roteiros) e baixar os guias turisticos. Eu extra recomendo o Parc Guell em Barcelona e o passeio de barco em Lisboa. Boa viagem!

  • admin Autor do post

    Bom dia Larissa,

    Sem duvida as cidades mais badaladas da Europa são as capitais, como Londres, Paris, Milão etc… Porém são muito ais caras! Uma possibilidade é visitar os países do leste europeu, que são muito mais em conta como Praga e Budapeste (São muito badaladas e ofereçem ótimas raves) As Ilhas gregas tbm são uma boa pedida, mas só se vc vier no verão. Uma outra opção para economizar, é girar o sul da Europa em Portugal, Espanha e Itália, onde o custo de vida é bem mais baixo em relação ao norte!

    Espero ter ajudado!

    Alex

  • suzanna

    quais as cidades mais interessantes para visitar na Italia ? Quantos dias em cada?
    Gosto de apreciar a arquitetura diferenciada,museus,lugares historicos e boa comida.estou disponivel para viajar em março.
    Obrigada,
    Suzanna

  • carolina

    ola,
    Vou fazer uma viagem com meu marido em marco para ficar 16 dias. Vou primeiro para Amsterdan, ficar 2 dias la, depois Paris de aviao, vou ficar 5 dias lá, e em seguida para Roma de trem, conhecendo alguns lugares que ficam entre Paris e Roma.
    Gostaria de dicas sobre quais sao os melhores lugares para se conhecer nesse eixo, Paris x Roma, aonde ficar,…

    Grata,
    Carolina.

  • admin Autor do post

    Tem muitas cidades pra se visitar na Italia, mas eu diria que as mais interessantes sob este ponto de vista seria Roma, Napoli, Firenze, Veneza e Torino. Depois existem milhares de pequenas cidades históricas que são muito belas tbm!

  • Beto

    Eu vou para Torino (Itália) daqui a duas semanas, tem algo de bom para fazer lá?
    Pensei em alugar um carro e ir pra a Suiça (Genebra), o que você acha?

    PS: Muito bom seu site!

    Obrigado,

    Beto

  • admin Autor do post

    Tem muuuita coisa legal pra fazer lá! Mas o melhor seria ir visitar seu brother e tomar umas Morettis com ele lá!
    Em Genebra vc pode fazer o passeio Nerd e visitar o CERN. Ou, fazer o passeio hardcore nas baladas suiças, onde todas as minas são loiras dos olhos azuis!!!!

    PS. Obrigado!

  • roberta barros

    Estou viajando com meu marido agora em março e gostaria de saber como funciona as viagens de trem entre os paises(os tipos de tickets que funcionam durante um mes e se essa seria a melhor forma), quero sair da alemanha e passar por paris , madri, roma, alguma legal da suiça(opinião???), voltar a alemanha e de lá ir a holanda. o que acha? esse roteiro poderia ser feito de forma agradável em quantos dia?
    desde já agradeço a disponibilidades de voces em nos ajudar.

  • Rodrigo

    Amigo, parabéns pelas dicas. Muito bom mesmo. Estou lendo aos poucos…, quero ler tudo.
    Você teria algo a acrescentar a um roteiro que tem Paris como primeira e última parada, porque nosso voo foi de Ida e volta de Paris, e queremos ir à Itália, conhecendo Roma, Milão, Veneza e Florença. Se puder indicar qual seria a melhor sequencia e quantos dias eu deveria reservar em cada cidade. Sim, a viagem é de lua de mel.
    Valeu!!!

  • Bianca

    Olá,
    Estou pensando em fazer um curso de inglês de um mês em londres em dezembro, mas depois do término do curso quero dar uma passeada pela europa, tipo frança-itália-suiça-…
    Gostaria da sua ajuda para fazer esse roteiro, pois será a minha primeira viagem sozinha e não sei bem como me mover entre os países. Preciso de visto? Qual a melhor maneira (trem, avião, …)? é melhor eu marcar outro curso em outro lugar?
    Eu gostaria de ficar uns 10 dias em cada país, pra conhecer bem, principalmente a itália, mas não vou com excursão nem nada.. Podes me ajudar?
    Podes responder para o meu email…
    Obrigada!

  • admin Autor do post

    Olá,

    Seria interessante que vc desse uma olhada no mapa da Europa, e visse as cidades mais próximas. E além disso, procure nos sites de busca de voos, pra saber se tem voo entre estas cidades. Acho que o ideal seria fazer Paris, Milao, Veneza, Florença, Roma e Paris. Entre as cidades italianas vc pode se mover de trem tbm, já que nao sao tão distantes!

    Boa viagem!

  • admin Autor do post

    Olá Bianca,
    Você não precisará de nenhum visto pra entrar nestes países, porque vc já tem o visto de estudante na Inglaterra, certo? Nos outros países vc entra como turista, e pode permanecer até 3 meses em cada país. Para viajar entre eles depende. Acho que pra ir da Inglaterra à França por exemplo, convém ir de avião e nos demais países, usar o trem. Mas atenção, existem muitos voos que custam muito menos do trem. Meu conselho é comprar a passagem 1 ou 2 semanas antes e procurar entre as operadoras low cost se tem alguma promoção. O trem te convém se vai de uma cidade a outra que seja próximo, tipo de Milão a Veneza, ou de Paris a Lyon. No nosso site vc encontra os links das companhias aéreas e das cias de trem, assim pode dar uma comparada nos preços!
    Boa viagem!

  • Michelle Reus

    Boa Noite,

    Estamos planejando uma viagem em familia, 5 adultos, e gostaria de algumas sugestoes de lugares, pois pretendemos ir em Janeiro, Pq queremos ver neve e é a data que temos disponível. Gostariamos de conhecer, França (Paris), Portugal, Alemanha, Espanha e se possível Italia (Veneza, Roma). O que nos sugere. Temos de 12 a 14 dias. Obrigada!

  • Larissa

    Olá, gostaria tb de algumas dicas de viagem. Pretendo ir com meu esposo a Europa, mas para destinos que tenham mais atrativos religiosos, pois temos dois filhos adolescentes e pretendemos fazer a viagem mais completa em outro momento. Queremos ir Em Fátima, Vaticano e o que mais fosse interessante nesse sentido. Não temos a menor noção de como devemos proceder, ainda n comprei nem as passagens. Por isso precisamos de dicas tipo: Como é melhor para nos locomovermos? de carro, Trem, metro? Poderemos ir de um país para o outro tranquilamente? E qual é o visto para esses países? Pretendemos ir em janeiro de 2013 passar mais ou menos 14 dias. E o clima? Vai estar muito frio?
    Dispomos de recursos suficientes para uma boa viagem.
    Desde já grata

  • Mario altoe

    Boa noite…estou programando minha lua de mel e gostaria de tirar algumas duvidas com voce. sera que consigo viajar por Italia, Suica, Espanha e franca com 15 dias? E mais pratico de trem ou outro meio de transporte? grato

  • admin Autor do post

    Boa noite,
    Acho que é muito pouco tempo pra tantos lugares. Aproveite melhor cada país e passe pelo menos 1 semana em cada. Já que é uma lua de mel, eu sugiro frança e Itália!

    Boa viagem!

  • admin Autor do post

    Bom dia Larissa,

    Se voces querem ver igrejas, recomendo Italia, Espanha, França e Portugal. Esses países tem muuuuitas belas igrejas para se visitar. Não deixe de ir em Madrid e a Veneza. Vcs podem viajar de trem ou de avião entre um país e outro. O visto é um só, e vcs o fazem quando chegam na Europa. O visto de turista para brasileiros duram 3 meses, e nesse período vcs podem se locomover tranquilamente entre os países da União européia. E traga muita roupa de frio, pq Janeiro é pleno inverno e faz muuuuuuuito frio!

    Boa viagem e amém!

  • admin Autor do post

    Se quiserem ver neve vcs podem ir para os países mais ao norte da Europa. No caso de Portugal, Espanha e Itália neva somente próximo aos alpes. Paris é linda e vale a pena sempre, sugiro também Berlim, Veneza, Praga… Enfim, são muitos os belos lugares pra se conhecer, que fica difícil sugerir assim… Me de mais detalhes do que vcs querem fazer aqui!

    Abraços!

  • Tereza Cristina

    Eu estou planejando ir a Europa com a minha amiga, mas ela vai para Ilha madeira, eu vou ficar em Lisboa para de lá ir para a Espanha e a franca. É melhor fazer esse trajeto de trem ou onibus. E quanto os albergue?

  • Kelly

    Oi, meu nome é Kelly sou de Curitiba e estou indo para Europa em Dezembro, comprei minhas passagens e fiz minha reserva em 2 hotéis.
    É as minhas primeiras férias fora do Brasil.
    Chegarei dia 21/12/13 em Milão e ficarei até 30/12/13 pretendo pegar um trem, pq já tenho hotel reservado em Paris do dia 30/12/13 a 06/01/14

    Tenho muitas dúvidas, estou surtando.
    Não falo Inglês e nem Frances, piorou Italiano. A principio só vai o meu noivo.

    Como meus hotéis já estão reservados e pagos. Gostaria de pegar um trem e passar o dia em Londres, Alemanha, Suiça entre outras cidades próximas e voltar e dormir no hotel. Será que é possível?

    Onde compro esses Passes ou Passagens?

    Como devo proceder?

    E no Aeroporto será que é necessário contratar um tradutor?

  • sol

    Olá, eu e meu marido deveremos ir à Europa em agosto/setembro, poderia nos dar umas dicas de viagem e roteiro? Vamos direto para Barcelona (nossa passagem será de ida e volta de lá) e deveremos passar uns 7 a 10 dias por lá, depois tenho uns 15 dias e gostaria de ir até Itália, considerando Roma, Florença, Pisa, Veneza (estes lugares posso fazer de trem? os bilhetes adquiro na hora ou melhor comprar pela internete?). Depois gostaria de ira até Paris para ver o Louvre e o que der mais central e vi que de trem posso ir até Amsterdã que é pertinho, será viável? Por favor, nos ajudem, não sei por onde começar….Gostaria que me indicassem o melhor meio de locomoção e mais econômico também, assim como os hostels ou hoteis mais baratinhos nessa região. Quanto dias devo permanecer em cada cidade? Grata

  • sol

    Ah, só complementando minhas dúvidas, somos marinheiros de primeira viagem, nunca fomos à Europa e por isso, não temos noção de quase nada.Gostaríamos de aproveitar todo nosso tempo que será de 25 dias, mas, a grana é curta, e espero mesmo fazer milagres!!!! e aproveitar o máximo que puder.grata

  • admin Autor do post

    Olá Kelly,

    Acho difícl vc ir de Milao a Londres de trem e voltar no mesmo dia pra dormir no seu hotel. é longe. O que vc pode fazer é pegar um voo low cost, passar alguns dias em Londres e voltar. De Milao, vc pode fazer viagens bate e volta no norte da Italia e na Austria que é próxima.
    As passagens de trem se compram na estação de trem. e se vc nao fala nenhuma outra lingua, prepare-se, pq aqui ninguém fala ou entende o portugues, um tradutor seria de grande ajuda.

  • admin Autor do post

    Olá sol,

    O melhor mode de viajar entre esses paises é com os voos low cost de companhias como Ryanair e Easy Jet. Se paga menos que o trem. Se vc deve girar no interno de um país, como na Italia por exemplo, pode pegar o trem. as atenção em comprar o bilhete do trem regional, que sao muito mais economicos. Na Italia agora tem os trens de alta velocidade Freccia Rossa que são caríssimos. Em cidades grandes como Roma e Paris, fique pelo menos 5 dias, nas menores 2 dias bastam! Procuro o hostel no site Hostelworld.com, ali vc encontra hostels de qualidade a pouquissimo preço.
    Boa viagem!

  • Neta

    Olá! Meu marido e eu estaremos indo para Alemanha no período de Agosto e ficaremos 30 dias. Gostaríamos de fazer um tour pela Europa. Pensamos em alguns lugares como: Paris, Londres, Roma, Veneza, Amsterdã, Mônaco, Genebra. Será que 30 dias seria possível conhecer os principais pontos turísticos desses lugares. Por favor, informe-nos a melhor ordem para visitarmos.
    Abraços,

  • stella

    Ola, preciso de umas dicas meio urgentes. Isso pq não quero deixar para comprar as coisas de ultima hora e pagar mais caro.
    É o seguinte: eu vou com uma amiga para a Europa em agosto. Gostaria de saber se da para nos sediarmos em Roma e visitar Florença e Veneza de trem no estilo bate-volta, indo no primeiro e voltando no último trem.
    Outra dúvida: durante a estada em paris, gostaríamos de passar uns dias em Saint Tropez. Como se deslocar entre as duas cidades?

    Obrigada,

  • admin Autor do post

    Bom dia Stella. De Roma pra Florença dá pra fazer o bate volta tranquilamente, porém até Veneza acho que fica meio cansativo. A minha sugestão é que vcs durmam uma noite em Veneza, ou melhor, nas cidades vizinhas a Veneza que sai mito mais barato. Veneza é muito cara, principalmente em Agosto que é a alta temporada. Já de Paris a Saint Tropez aconselho a ir de avião, pois são quase 900 km e de trem pode ser um pouco cansativo. Procure as pasagens low cost.

    Boa viagem!

  • admin Autor do post

    Bom dia,

    30 dias é um bom tempo. se voces se organizarem bem dá pra conhecer essas 7 cidades que mencionou. Se voces chegarão em Monaco eu aconselharia fazer a seguinte trajetória: Monaco, Veneza, Roma, Genebra, Paris, Amsterda e Londres. Porém depende das rotas aéreas. Procure nos sites das companhias low cost para ver quais são as rotas disponiveis, e se possivel compre os bilhetes antecipadamente, pois Agosto é mes de férias naeuropa e todo mundo viaja!

  • Andrea

    Eu e meu marido vamos gica 17 dias na europa. Vamos
    Com nossos 4 filhos minha sogra.
    Tenho visto que os paises europeus exigem
    Pelo menos 60 euros por dia, pir pessoa.
    Na minha conta, isso sa cerca de 7.000 euros.
    Eu realmente tenho que levr toda essa quantia
    em dinheiro?????

  • Rose Dias

    Olá! Tenho planos de conhecer a Europa no inicio de 2014, janeiro ou fevereiro. Quero entrar e sair por Madri. Me viro com o Espanhol. Consultei algumas opções de passeios, mas gostaria de sugestões e dicas pra essa época do ano q sei q será inverno, o q vale a pena ou n fazer. Penso em ficar 15 dias. Se vale a pena pagar em pacote com refeições ou n… Agradeceria se pudesse me ajudar. É a primeira vez q irei a Europa.

  • Alexandre Miranda

    Eu e minha esposa estamos indo em setembro para Europa e gostaríamos de dicas por onde ir de Genebra até Veneza e depois para Toscana.
    Obrigado.

  • Jean Kalton Ribeiro

    Olá, vou passar minha lua de mel em outubro de 2015 na Europa, são 20 dias no total.
    Deem uma olhada no meu roteiro e digam o que acham. O número de dias que vou colocar para cada país são dias inteiros OK, ja estou retirando os dias para deslocamento, check in e check out, como vocês dizem, o que vier nesses dias é lucro, então lá vai:
    Curitiba-Londres;
    4 dias em Londres – *Bate-volta a Cambridge;
    4 dias em Paris – *(Dúvida, bate-volta ao Vale do Loire ou para Chantilly e Fontainbleu ou Versailles, ou retiro o bate-volta de Cambridge e passo uma noite no Vale do Loire o que me daria 1 dia e meio lá??
    3 dias em Lucerna(Suiça) – Bate-volta para os Alpes;
    1 dia e meio em Veneza;
    3 dias em Roma;
    Roma-Curitiba.

    Também preciso de dicas com relação aos meios de locomoção entre os países! A princípio penssei em Trem para todos o deslocamentos,
    Londres-Paris: Trem Eurostar;
    Paris-Lucerna: Trem, mas não sei se vai direto pra Lucerna ou se tenho que trocar em Berna;
    Lucerna-Veneza: Trem, também não achei muitas informações;
    Veneza-Roma: Trem.

    Fico no aguardo de sugestões e obrigado por enquanto! Abraços…

  • admin Autor do post

    Olá Jean,

    Vejo que preparou muito bem o seu roteiro. Eu diria que é muito bem montado e pode ser feito desa maneira tranquilamente. Porém, sugiro que considere o translocamento com aviao, principalmente nas rotas Londres-Paris, e Paris -Suiça. Procure as companhias low cost como ryanair ou Easy Jet, e veja os preços que estao oferecendo. as vezes custa muito menos do tem e vc salva algumas horas de viajem. Quanto aos trens, da suiça para a Italia tem vários, porém vc deverá fazer algumas baldeações.
    Boa viajem!

  • admin Autor do post

    Olá Rose,

    Depende do que quer ver. Se quiser passar frio, recomendo um giro no norte da Espanha ou nos alpes franceses. Se preferir um inverno mais tranquilo, sugiro Barcelona, Valencia e toda a costa sul da espanha, e porque nao, a belissima costa azul na França. Vc pode fazer tudo de trem. Nao recomendo os pacotes pois vc acaba gastando muito mais. Veja a nossa pagina de dicas de viagem e encontrará outras informações! Boa viagem!

  • admin Autor do post

    Olá Andrea,

    Vc nao preisa trazer esse dinheiro com vc, mas é importante ter como provar que tem esse dinheiro no banco, e que pode usarlo com o cartao de credito. É dificil eles te pedirem isso no aeroporto, porém, no caso de alguma complicação, é melhor se prevenir.